Category: ODS15 - Page: 86

Especial EcoAgência – Mortandade das abelhas já é generalizada no Rio Grande do Sul (primeira parte)

Por Ulisses Nenê – especial para a EcoAgência –  Nunca houve nada igual, dizem apicultores. Pelo menos 250 mil colmeias desapareceram no Rio Grande do Sul em 2015. Culpa é dos agrotóxicos usados nas lavouras, apontam os especialistas Chocados, tristes, desanimados. É como se sentem muitos apicultores do Rio Grande do Sul diante da assustadora mortandade das abelhas em...

Especial EcoAgência – Mortandade das abelhas (segunda parte): GT pede a proibição de agrotóxicos

Por Ulisses Nenê – especial para a EcoAgência –  Em seu relatório final, o Grupo de Trabalho Sobre Mortandade das Abelhas no Rio Grande do Sul apresentou uma lista de propostas para conter o fenômeno que está dizimando as colmeias gaúchas. A primeira providência sugerida é o banimento dos neonicotinóides e do Fipronil, os agrotóxicos mais mortíferos para os...

Especial EcoAgência – Mortandade das Abelhas (terceira parte – final): Exceções estão longe das lavouras

Por Ulisses Nenê – especial para a EcoAgência Numa comprovação da relação dos agrotóxicos com a mortandade das abelhas, os apicultores que não se queixam do problema são, justamente, aqueles que mantém suas colmeias longe das lavouras. É o caso dos que costumam vender o mel orgânico na Feira Ecológica da Redenção, na capital, como Manoel Souza, 64 anos,...

Eliminar para conservar – como espécies invasoras põem em risco a biodiversidade

por Sílvia Ziller* –  Quem passeia pelas dunas da Lagoa da Conceição, em Florianópolis (SC), pode se assustar ao ver o corte de árvores que acontece no Parque Municipal das Dunas da Lagoa da Conceição. O que acontece, na verdade, é a retirada de pínus invasores que ameaçam espécies nativas e endêmicas (que ocorrem apenas na região). Ao contrário...

Terra, um planeta envenenado

Por correspondentes da IPS –  ROMA (IPS) – Os solos estão contaminados por conta das atividades dos homens, que descartam uma grande quantidade de produtos químicos nas áreas utilizadas para produzir alimentos. O alerta é da Organização das nações unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO). Há no solo excesso de nitrogênio e metais pesados, como arsênico, cadmio, chumbo...

SOS Mata Atlântica reúne secretários estaduais de meio ambiente 

Inovações para monitoramento do bioma e sistema do Cadastro Ambiental Rural foram abordados durante o 3º Encontro dos Secretários de Meio Ambiente dos Estados do bioma, na Firjan (RJ) O uso da tecnologia para fiscalização e a aplicação do Cadastro Ambiental Rural (CAR) para impulsionar a preservação e a restauração da Mata Atlântica foram os principais temas debatidos no...

48% das UCs federais sofrem com espécies exóticas da fauna

O dado consta de estudo feito por analista do ICMBio, que comprovou a presença de 104 dessas espécies nas unidades de conservação, sendo que 59 põem em risco a biodiversidade Cães, gatos, cabras e até um inofensivo peixinho dourado de aquário podem se tornar uma grande dor de cabeça para gestores de unidades de conservação (UCs). Segundo estudo da...

Regeneração natural é estratégia para a restauração florestal de baixo custo

Estudos da Agroicone mostram que proprietários de terras com alto e médio potencial de regeneração podem se valer desta alternativa A agenda de restauração florestal vem ganhando força no Brasil, especialmente por conta da nova lei florestal brasileira – que completa cinco anos em 2017– e que traz um grande desafio aos produtores rurais: manter a sua atividade agrícola...

Desmatamento da Mata Atlântica cresce quase 60% em um ano

Foram destruídos 29.075 hectares de florestas entre 2015-2016. Último registro de desmatamento nessas proporções ocorreu há 10 anos.  Municípios do Sul da Bahia concentram cerca de 30% do total desmatado.  São Paulo, 29 de maio de 2016 – A Fundação SOS Mata Atlântica e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) divulgam nesta segunda-feira (29) os novos dados do Atlas...

Grandes propriedades respondem por 59% da desobediência ao Código Florestal

A informação faz parte da nova análise da Lei Florestal realizada pelo IMAFLORA, Geolab/ESALQ e KHT e que está disponível livremente Quarenta e um milhões de hectares de florestas deixarão de ser restaurados, com o perdão concedido aos proprietários rurais pelo novo Código Florestal, que completará cinco anos no próximo dia 25. A área é equivalente à soma dos...