Category: ODS8 - Page: 4

Diageo cria fundo global de US$ 100 milhões para apoiar reabertura de bares e restaurantes ao redor do mundo

Ação destina R$ 15 milhões para apoiar a retomada dos estabelecimentos no Brasil a implantarem os protocolos de higiene e distanciamento social A Diageo, líder mundial em bebidas alcoólicas premium e proprietária da marca Ypióca, acaba de anunciar uma iniciativa global para apoiar bares a se recuperarem depois da pandemia da Covid-19 e voltarem a receber clientes de forma...

Suzano adere ao movimento global Call to Action da Business For Nature

A Suzano, referência global na produção de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, aderiu a ação coletiva Call To Action (Chamada para Ação) lançada esta semana pela Business For Nature (Negócios para Natureza), uma comunidade global que reúne organizações influentes e empresas com visão de futuro que trabalham em prol da conservação da natureza . A iniciativa busca mobilizar empresas de...

Diálogos Envolverde – Meio Ambiente e desinvestimento (LIVE)

Diálogos Envolverde nesta quinta, 25/6 às 11 horas com o economista Ladislau Dowbor O que significa o alerta dos investidores internacionais e banqueiros sobre o desmonte ambiental no Brasil. Com os jornalistas Dal Marcondes e Reinaldo Canto. Assista ao vídeo abaixo #Envolverde

Instituições financeiras ameaçam retirar investimentos do Brasil por conta do desmatamento

Por CartaCapital – Nos primeiros quatro meses deste ano, uma área com o dobro do tamanho da cidade de Nova York foi destruída Um grupo de aproximadamente 30 instituições financeiras em todo o mundo exigiu que o governo brasileiro freie o desmatamento na Amazônia sob risco de interromper investimentos no País. As informações foram publicadas pelo jornal britânico Financial...

Finanças sustentáveis e precificação de carbono: o que o coronavírus pode ensinar aos mercados de carbono?

Por Luan Santos1 e Laura Albuquerque2 , ClimaInfo –  A pandemia do coronavírus (COVID-19) reavivou desagradáveis lembranças da crise financeira global de 2008, trazendo projeções de recessão, queda nos mercados financeiros, desaquecimento da demanda e dificuldades nas cadeias de suprimento globais. Tal cenário econômico gera o aumento da incerteza e leva as empresas a postergarem decisões de investimentos, o que, por...

De um cisne a outro

Por Guilherme Teixeira, é gerente de Finanças Sustentáveis da SITAWI Finanças do Bem –  Lições da covid-19 para os cisnes verdes das mudanças climáticas     Poucas vezes o conceito de “cisne negro” foi tão recordado quanto está sendo para se referir à pandemia de covid-19. Consagrada por Nassim Taleb em 2007, a expressão se refere a eventos que reúnem...

Educação conectada com a natureza pode transformar a indústria da moda

Por Eloisa Artuso*, CartaCapital –  Se o setor têxtil é pioneiro na indústria 4.0, precisa garantir que as pessoas e o meio ambiente sejam incluídos nessa nova realidade Sendo a “insustentabilidade” um problema estrutural em nossa sociedade contemporânea, nada melhor do que começar olhando para como estamos formando as novas gerações de profissionais que entram no mercado de trabalho...

Projeto mapeia iniciativas de economia solidária na pandemia

Por ACI Unesp –  Ação visa aproximar produtores rurais e consumidores durante período de quarentena O site do projeto AgroEcos está mapeando as iniciativas no âmbito da economia solidária que facilitem a comunicação entre o consumidor e o produtor rural durante o período da pandemia da Covid-19 e do necessário isolamento social. O projeto, que reúne pesquisadores da Unesp,...

As novas modalidades de trabalho: o que vem por aí? – Parte 2

Por Deivison Pedroza* –  Como se organizar para que o colaborador mantenha foco e produtividade em home office? Terminei a primeira parte deste artigo com essa pergunta e começo a respondê-la falando da importância de as empresas elaborarem um manual de boas condutas para fornecer aos funcionários, permitindo, assim que a relação trabalhista transcorra sem conflitos. Obviamente, nem todas...

As novas modalidades de trabalho: o que vem por aí?

Por Deivison Pedroza* –  Arnaldo acorda no exato momento em que o celular, configurado na função despertador, toca, às 7h15, emitindo o som estridente e repetitivo criado para nos tirar de uma das funções vitais que mais ocupam tempo da nossa jornada diária: dormir. Em passos cambaleantes, nosso notável personagem caminha vagarosamente até o banheiro, indo ao encontro do tato...