Tag: redes sociais

Rompimento à frente da divergência cortês

Por Juliana Vaz para Goethe Institut – Em todo o mundo e especialmente no Brasil, os algoritmos das redes sociais têm contribuído para o aumento do radicalismo político, da polarização e do esgarçamento das relações humanas. Por que as redes vêm afastando as pessoas, quando poderia aproximá-las? Durante a pandemia de Covid-19, as redes sociais se tornaram a principal...

Projeto Albatroz capacita influenciadores digitais para amplificar mensagens sobre Década do Oceano

Stories, reels e posts no Instagram já são ferramentas comuns no dia a dia do brasileiro. Estima-se que 99 milhões estão ativos na plataforma, sendo mais de 30% deles pessoas entre 25 e 34 anos – consolidando o aplicativo como uma fonte importante de informações. Para capacitar produtores de conteúdo a explorarem o potencial das redes sociais para amplificar...

Abraji lança curso para fortalecer o jornalismo local no Brasil com apoio do Facebook

A Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo) abriu no último 12 de agosto, com o apoio do Projeto Facebook para Jornalismo (FJP), as inscrições para o curso online Reconstrução do jornalismo local, um programa destinado a jornalistas que trabalham em meios de comunicação de abrangência local com o objetivo de capacitar esses profissionais para produzir jornalismo de qualidade em um...

“O combate às “fake news” tem que começar no ensino fundamental”, diz especialista

Por Ayrton Centeno – Brasil de Fato | Porto Alegre –  A coordenadora do FNDC comenta o projeto está prestes a ser votado às pressas no Senado e outros aspectos da comunicação As notícias falsas enganam as pessoas, comprometem eleições, distorcem a ciência e até vendem curas milagrosas entre outros danos. Para a jornalista Renata Mielli, coordenadora do Fórum...

Os algoritmos estão ajudando a criar novos machistas?

por Helena Bertho, de Azmina –  “Para ser feminista você tem que ter um QI muito baixo mesmo, por volta ali dos 70, que é o limite entre a sanidade e o retardamento mental”, diz um youtuber em seu canal, explicando porque considera que as feministas, que se comportam “como cadelas no cio”, são as culpadas...