Tag: legislação ambiental - Page: 2

Número de barragens críticas no país cresce 129%, mostra relatório

por Instituto Socioambiental – A maior parte dessas estruturas identificadas como críticas (63%) pertence a empreendedores privados Relatório de Segurança de Barragens (RSB 2019) publicado na última segunda-feira (31/08) pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) apresenta um aumento de 129% do número de barragens classificadas como críticas no país. Diferente do RSB 2018, a maior parte...

Entidades ambientalistas contra a extinção do Instituto de Terras de São Paulo

por Iniciativa Verde –  Coletivos de entidades da sociedade civil atuando na área ambiental vêm se manifestar contra a extinção da Fundação Instituto de Terras de São Paulo “José Gomes da Silva” – ITESP, conforme o Projeto de Lei 529/2020, do Governo do Estado.  A extinção implica em prejuízos ambientais e diversas outras consequências negativas para São Paulo. Reivindica-se...

Degradação avança no Mato Grosso e faz meta de desmatamento ilegal zero fracassar

por Maurício Hashizume, Repórter Brasil –  Municípios às margens do Parque Indígena do Xingu são palco do avanço do agronegócio e registram altos índices de focos de incêndio e desmate; ações tímidas do governo do MT e agenda antiambiental da gestão Bolsonaro estimulam degradação da floresta amazônica no estado Três toras de árvores tombadas e um boi ilustram, respectivamente,...

Amazônia em Chamas 20: Queimadas consomem árvores e animais no sul do Amazonas

por Elaíze Farias, Amazônia Real – Entre agosto de 2019 e julho de 2020, o estado teve uma taxa de desmatamento de 1.272 km², segundo dados do Inpe Pelo terceiro ano consecutivo, o estado do Amazonas bate recordes de queimadas e incêndios florestais. Conforme dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), entre 1º de janeiro e 16 de...

Mais de 200 focos de incêndio queimaram na Amazônia nos últimos dois meses

por Liz Kimbrough, Mongabay –  O Projeto de Monitoramento da Amazônia Andina (MAAP) registrou um total de 242 focos de incêndio na Amazônia Legal brasileira entre 28 de maio e 12 de agosto. Somados, equivalem a 127.866 hectares queimados – quase a área do município de São Paulo. Mais de dois terços desses incêndios ocorreram nas duas primeiras semanas...

Agronegócio e coronavírus: uma ligação pra lá de suspeita

por Najar Tubino, Brasil de Fato – A destruição do meio ambiente para produção de itens como carne e soja liberta vírus e doenças desconhecidos O agronegócio não é pop, como diz a propaganda oficial na maior rede de televisão aberta. O agronegócio mundial consome 2,3 bilhões de quilos de agrotóxicos, ou seja, veneno, e 80% de 1,5 bilhão...

Vozes dos Biomas: A conservação dos biomas sob o foco do direito ambiental e do ativismo na Mata Atlântica, por Virgílio Alcides de Farias

Por Sucena Shkrada Resk –  Esta é a quarta live do Blog Cidadãos dos Mundo e a oitava entrevista do Projeto Vozes dos Biomas A quarta live no canal do youtube do Blog Cidadãos do Mundo, que é a oitava entrevista do Projeto Vozes dos Biomas – jornalista Sucena Shkrada Resk teve como tema, nesta quinta-feira, 6 de agosto...

Estudo aponta soja como responsável por quase um terço do desmatamento em Mato Grosso

Por Juliana Aguilera, Mongabay Brasil –  Segundo um relatório da base de dados Trase, entre 2012 e 2017, por volta de 27% de todo o desmatamento no Mato Grosso ocorreu dentro de fazendas de soja – e 95% dessas ações foram ilegais. Estima-se que mais de 80% da soja cultivada nas fazendas onde houve o desmatamento sem licença seguiu...

Hidrelétricas e povos tradicionais: 4 – O desmonte ambiental e o perigo das barragens

Por Philip Martin Fearnside, Amazônia Real – O perigo das barragens impactarem os povos tradicionais em uma escala ainda maior é amplificado pelo desmonte geral das leis e regulamentos protegendo o meio-ambiente e os povos indígenas. Este desmonte vem ocorrendo ao longo das últimas administrações presidenciais, mas se agravou marcadamente durante o mandato do Presidente Bolsonaro, aumentando, assim, a...

Governo muda licenciamento para facilitar empreendimentos em territórios quilombolas

Por Márcia Maria Cruz*, De Olho nos Ruralistas –  Portaria 1.223 transfere para o Incra a competência para analisar processos de licenciamento nas regiões; com isso a autarquia passa a responder, ao mesmo tempo, pela regularização fundiária de quilombos e pela liberação de grandes obras Uma mudança na determinação de competência no governo federal sobre licenciamento ambiental, aprovada sem discussão...